A Conquista do Primeiro Emprego

Data de postagem: 12 de setembro de 2019

A Conquista do Primeiro Emprego

O ingresso do jovem no mercado de trabalho brasileiro é um desafio. Parece piada de mau gosto pedir experiência profissional para a admissão no primeiro emprego. Ainda lembro da palestra que assisti na Universidade de Hannover na Alemanha, em 2018, quando um dos professores nos contou que os jovens alemães são recrutados ainda quando estão nos bancos universitários. A empregabilidade lá é muito diferente daqui.

A questão da experiência profissional antes do primeiro emprego pode se dar de diversas formas, por meio de estágios remunerados ou não, em organizações públicas ou privadas, participação em programas como voluntário, projetos especiais na própria faculdade/ universidade, como por exemplo a empresa Júnior. Muitas vezes a própria iniciativa de auxiliar um familiar ou amigo em turno inverso da escola pode ajudar muito.

O que conta em uma entrevista de emprego são as boas histórias para contar. O diploma é o que nos referencia para uma vaga, mas o mercado quer saber mais, quer sentir nossa motivação, escutar feitos que realizamos no passado, mesmo que em pequenos projetos, para nós acreditar a experiências melhores no futuro.
Outro fator importante é a marca pessoal condizente com a vaga que se está buscando. Entenda-se marca como: roupa, postura, palavras, maneira de se comunicar e agir diante de quem está entrevistando.

Enfim, por mais esdrúxulo que possa ser o fato de pedir experiência para um candidato ao primeiro emprego, no nosso país tudo é possível. No meio dos empreendedores existe um ditado que diz: O Brasil não é para amadores. Podemos estender essa frase afirmando que conquistar o primeiro emprego no Brasil também não é para amadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENDIMENTO IMEDIATO:
- Chame no WhatsApp
- Apenas um clique

FALE CONOSCO PELO WHATSAPP